17.11.2016

diabetesday-limg1

 

A prevalência de Diabetes Gestacional é de cerca de 6 a 7% nos Estados Unidos. Em 2010, houve uma modificação nos critérios para se definir o Diabetes Gestacional, o que fez com que a prevalência global de hiperglicemia na gravidez passasse a ser estimada em 17% (de 10% a 25% dependendo da região do mundo).

A importância de se pesquisar e identificar as mulheres com Diabetes Gestacional é o fato de ele se associar a outros problemas na gravidez:

  • Pré eclampsia (aumento de pressão arterial durante a gravidez)
  • Aumento da quantidade de líquido amniótico
  • Macrossomia (bebê grande para a idade gestacional)
  • Aumento do tamanho dos órgãos do bebê (aumento do fígado, do coração)
  • Dificuldade do trabalho de parto, aumento a chance de traumas ao nascimento
  • Aumento da necessidade de parto cesárea
  • Aumento da mortalidade perinatal
  • Problemas respiratórios e complicações metabólicas (exemplo: hipoglicemia) no recém nascido

Ao longo da vida, as mulheres que apresentaram Diabetes Gestacional têm maior risco de desenvolver diabetes tipo 2 e doença cardiovascular; e seus filhos têm maior chance de apresentarem obesidade e síndrome metabólica.

O controle adequado da glicemia durante a gravidez reduz o risco das complicações associadas, tanto na gestação, como no parto e ao longo da vida dos descendentes. Por isso, preconiza-se a pesquisa do Diabetes Gestacional e o acompanhamento adequado quando ele é diagnosticado.

As mulheres grávidas com qualquer uma das seguintes características apresentam maior risco de desenvolver diabetes gestacional:

  • História pessoal de intolerância à glicose ou de diabetes gestacional em uma gravidez anterior
  • História familiar de diabetes, especialmente em parentes de primeiro grau
  • Peso pré-gravidez acima do peso ideal ou Índice de Massa Corporal (IMC) > 30 kg/m²
  • Idade materna > 25 anos de idade
  • História prévia de um bebê nascido com mais de 4,1 kg
  • Abortamento anterior ou antecedente de algum filho com mal formação
  • Peso ao nascimento da mãe > 4,1 kg ou < 2,7 kg
  • Presença de açúcar na urina
  • Condição médica que aumente o risco de diabetes, como Síndrome Metabólica, Síndrome dos Ovário Policístico (SOP), uso atual de glicocorticóides, hipertensão arterial sistêmica
  • Gestação múltipla (mais de um bebê)

Quando existe uma grande suspeita de Diabetes Gestacional, pode-se fazer o teste de triagem precocemente. Se o teste inicial for negativo ou em mulheres com menor risco, o teste de triagem deverá ser feito entre as semanas 24 a 28 da gestação. O screening é feito com o Teste de Sobrecarga à Glicose Oral. Até recentemente, o teste era feito em duas etapas, com 50 gramas e depois com 100 gramas de glicose. Atualmente, os órgãos de saúde internacionais padronizaram o teste com 75 gramas de glicose, o mesmo que para pessoas fora da gestação.

Os critérios para o diagnóstico de Diabetes Gestacional com o teste de sobrecarga com 75 gramas de glicose são:

Jejum ≥ 92 mg/dL
OU
1 hora após ≥ 180 mg/dL
OU
2 horas após ≥ 153 mg/dL

O diagnóstico de Diabetes Gestacional é estabelecido quando o teste é feito entre 24 e 28 semanas de gestação e quando 1 ou mais valores estão acima destes limites estabelecidos.

Se a gestante tiver Diabetes, ela deve seguir as recomendações do seu médico com relação à:

  • dieta e controle do peso
  • atividade física
  • controle dos níveis da glicemia (quais os melhores horários para medir)
  • uso de insulina ou medicamentos nos casos em que apenas a dieta não foi suficiente

É muito importante um controle adequado, tanto para a mãe quanto para o bebê.

 

 

  A prevalência de Diabetes Gestacional é de cerca de 6 a 7% nos Estados Unidos. Em 2010, houve uma modificação nos critérios para se definir o Diabetes Gestacional, o que fez com que a prevalência global de hiperglicemia na gravidez passasse a ser estimada em 17% (de 10% a 25% dependendo da região do mundo). […]


Comentários desativados em Medicina e Saúde: Diabetes Gestacional

Nenhum comentário em “Medicina e Saúde: Diabetes Gestacional”



%d blogueiros gostam disto:
DESIGN POR JESS